O que comunicação, matemática e educação financeira têm em comum? Aqui na Barkus tem tudo a ver!

  • 30 de março de 2022
  • Por Comunicação Barkus

Imagine ter no Whatsapp o contato de uma educadora financeira com uma linguagem super acessível, disposta a te ajudar a melhorar a vida financeira. Se você acompanha a Barkus, já sabe que estamos falando da Iara, nossa Educadora financeira que leva trilhas de aprendizagem sobre os mais diversos temas do mundo financeiro para dentro do Whatsapp.

 

Desde 2008, nossa missão tem sido democratizar o acesso à educação financeira no Brasil, abrindo caminhos para criação de um mercado financeiro cada vez mais justo e inclusivo. E para que esse objetivo seja alcançado, todas as nossas áreas estão, de alguma forma, envolvidas nesse processo diariamente.

 

A Nayara Lima, faz parte do time de produto, tendo o desafio de dar à Iara uma linguagem personalizada, individual e calorosa, para criar conexões e experiências que vão muito além da educação financeira “tradicional”.

 

“Em 2 anos trabalhando na Barkus, passei de estagiária para Assistente de Produto, onde atuo como  UX Writer. Lido com a parte textual que descreve as experiências que os usuários têm em nossos produtos e por isso, é imprescindível adequar de forma personalizada toda a escrita.”, diz Nayara.

Se você está se perguntando que profissão é essa, saiba que nem a Nayara conhecia UX Writer até 2020. Ela, que veio das ciências exatas, caiu de paraquedas no universo da educação financeira e aos poucos foi absorvendo diversos conhecimentos e adquirindo novas habilidades que mudaram completamente as perspectivas do futuro profissional.

 

“Quando ingressei em Matemática Licenciatura, tinha muito forte em mim a certeza de querer impactar vidas através da minha profissão. Assim que minha trajetória profissional estava se tornando mais sólida dentro das salas de aula e eu já estava convicta de que faria aquilo pro resto da minha vida, me vi desempregada. Mas em pouco tempo, surgiu uma oportunidade de estágio na Barkus e cá estou eu, hoje atuando profissionalmente fora da minha área de formação, e em uma área que eu não conhecia, mas que me encontrei profissionalmente.”, afirma.

Apesar de ter passado por um processo de transição de carreira, os conhecimentos e habilidades adquiridos na licenciatura foram fundamentais para pensar a didática dos nossos produtos. 

 

Desde que escolheu cursar matemática,  Nayara ouviu várias frases como “Como você consegue? Matemática é muito chato”, “Não gosto de lidar com os números”, ou a clássica “Exatas é muito difícil”. Quando falamos em educação financeira, essas frases também são frequentes, então, quando  ela chegou na Bakus,  já sabia como quebrar todos esses estereótipos que envolvem os números.

 

“Vivenciar as salas de aula de matemática, me fez notar o quanto é importante adaptar a fala para repassar os conteúdos pros alunos, levando em consideração o contexto cultural em que vivem. Até porque, nem sempre usar uma linguagem acessível que fosse comum a todos me trazia bons resultados sobre compreensão do que era passado.”, analisa Nayara.

Mudar de emprego, carreira ou até profissão são metas difíceis em busca da realização profissional. É preciso se planejar financeiramente, pesquisar o mercado, chegar junto em profissionais que já atuam na área e claro, buscar sempre se especializar. Mas além de todo o preparo, é preciso ter coragem, e a Nayara traduziu isso em sua transição de carreira para continuar impactando: “A mensagem que deixo aqui é: por que não mudar? Nunca é tarde demais!”.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin